SISCOS

Siscos inicia a entrega de Cestas da Agricultura Familiar

15/04/2019 12:28:05
por SISCOS
Foto por: Assessoria IOV

O Instituto Ouro Verde, através do Siscos, traz ao consumidor mais uma opção para consumir os produtos da Agricultura Familiar de Alta Floresta e região: as Cestas da Agricultura Familiar. Recheadas de produtos fresquinhos, as cestas levam ao consumidor as maravilhas da roça, direto dos produtores e produtoras para sua mesa. As primeiras entregas aconteceram no Siscos, no dia 05 de abril.

Segundo Andrezza Spexoto, coordenadora do projeto Sementes do Portal – Fase II, no qual o Siscos está inserido, “pensando do ponto de vista do agricultor, [a cesta] é uma forma de você ter uma garantia de entrega. Então a partir do momento que a gente faz a reserva de algumas cestas, a gente tem uma fidelidade do consumidor e uma garantia de produção. E acredito que isso também ajude no planejamento de produção [por parte dos agricultores]”.  Andrezza afirma acreditar que a cesta é um canal direto de comunicação com quem consome, pois, levando em consideração a variação de produtos inseridos nas cestas toda semana, “o consumidor pode entender, por exemplo, a questão da sazonalidade e conhecer novos produtos, porque a gente coloca produtos diferentes pra que as pessoas conheçam”.

A consumidora Viviana Biondi conheceu a estratégia das cestas através da divulgação na rede social Facebook e achou a proposta muito bacana e inovadora. “Resolvi fazer o teste adquirindo uma cesta G quinzenalmente”, conta. Ela ainda complementa dizendo que a variedade proposta e a qualidade do que vem na cesta vai acrescentar e muito na alimentação de todos em sua casa: “Principalmente das crianças. Uma boa alimentação vem baseada na qualidade e variedade de produtos utilizados nos preparos. A cesta veio para acrescentar tanto um quanto outro aqui em casa”. Viviana ainda afirma que “Para resumir: já me arrependi de ter feito pacote quinzenal, vou mudar pra semanal!”. 

Algo legal a se destacar, é que nas cestas são inseridas Plantas Alimentícias Não Convencionais (PANC), que são alimentos não tão conhecidos e utilizados na culinária, mas que são ricos e saborosos. Isso amplia o leque de opções para a alimentação e também desafia o consumidor a experimentar coisas novas.

Marcely Federicci é uma das agricultoras que fornecem produtos para as cestas e afirma que a inclusão das PANC “pra gente como produtor é muito bom, porque são plantas espontâneas, que não dá trabalho de cultivar, produzem fácil, tem tantas vitaminas e nutrientes e muitas vezes as pessoas não conhecem. Então a cesta já vai fazer essa divulgação [dos produtos] e as vendas. Isso é muito legal, muito bom mesmo!”.

Toda semana, juntamente com a cesta, o consumidor recebe uma receita de como preparar a PANC recebida.  Na primeira semana foi a taioba, acompanhada pela receita de um escondidinho de mandioca recheado com taioba. A consumidora Viviana comenta que “a receita que veio acompanhando a cesta, ensinando a preparar a PANC, é muito prática e fácil de preparar. Não fiz ainda mas vou preparar, com certeza!”.

São quatro modalidades de cestas: P, M, G e Fitness. Cada uma possui uma quantidade fixa de produtos, que variam em cada semana de acordo com a oferta e sazonalidade. O valor também é fixo. “Você escolhe a cesta que deseja adquirir e também a frequência que deseja retirar, podendo ser 1 ou 2 cestas por semana, 1 ou 2 cestas a cada 15 dias ou até mesmo 1 cesta no mês”, conta Jeferson Sampaio, assessor de comercialização do projeto Sementes do Portal. Segundo ele, as entregas ocorrem no Siscos toda sexta-feira, das 16h30 às 18h30.

O cadastro é feito através do formulário (http://bit.do/cestas), onde é possível conferir  quais produtos compõem cada tipo de cesta e seus valores, além de escolher a frequência com a qual deseja recebe-la.

 “A estratégia funciona como um pacote de adesão mensal. Ou seja, ao escolher a cesta e a frequência desejada e enviar o formulário, o consumidor se compromete a retirar as cestas no dia e horário combinados, além de fazer o pagamento das mesmas”, afirma o assessor. Ele ainda aponta que as encomendadas serão feitas aos agricultores e agricultoras com um mês de antecedência. Para cancelar o cadastro, o consumidor deve entrar em contato no mês anterior com a equipe de assessoria do Siscos para que os pedidos sejam atualizados.

“Quem faz parte da ação, contribui com o complemento da renda das famílias do campo, valorizando os produtos que são plantados e colhidos na nossa cidade e região, por mãos de pessoas que vivem do campo e lutam para se manter fazendo o que amam: Produzir alimento”, afirma Jeferson. E continua dizendo que tais produtos são “Alimentos saudáveis e de qualidade, uma vez que as famílias produtoras são comprometidas com a agroecologia. Além de fortalecer a economia local”.